skip to Main Content
(19) 3377-0937 contatoeventos@pecege.com
Aborto Das Vagens Na Soja Possui Origem Climática

Aborto das vagens na soja possui origem climática

Muitos produtores e agentes do setor, acreditaram que as perdas possuíam origem em pragas ou doenças, no entanto, o clima foi o grande responsável. A conjunção de céu nublado com chuvas frequentes por período superior a cinco dias, em solos argilosos ou muito argilosos e ricos em matéria orgânica, acaba por criar um ambiente extremamente estressante as plantas, que resulta em complicações e distúrbios fisiológicos complexos para as mesmas.     A ausência de radiação solar direta (predominância de radiação difusa), associada ao encharcamento do solo, penaliza a fixação de CO2 pela fotossíntese e a absorção e translocação de água e nutrientes, respectivamente, resultando na redução drástica e temporária da evapotranspiração no sistema solo-planta-atmosfera, causando desbalanceamento nas relações fonte x dreno.     Dependendo do grau de intensidade da ocorrência do fenômeno e da sensibilidade dos cultivares de soja, as respostas fisiológicas negativas da planta podem variar da ocorrência de sementes verdes até ao abortamento excessivo de vagens.     Esse e outros assuntos serão tratados no VII Simpósio da Cultura da Soja, nos dias 12 e 13 de abril, em Cuiabá-MT. As informações sobre o evento estão disponíveis no link: www.simposiosoja.eventbrite.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *